Ciclone Mônica se aproxima do Cabo York com ventos de 170 km/h

O ciclone Mônica ganhou força ao se aproximar do Cabo York no nordeste do Estado de Queensland, Austrália, com ventos de 170 quilômetros por hora. A aproximação da tormenta continua provocando fortes chuvas e inundações na região setentrional do Estado de Queensland, enquanto o olho do ciclone avança pelo Golfo de em direção ao oeste. A previsão dos serviços de meteorologia é que o ciclone - que se mantém na categoria três numa escala que vai até cinco - chegue na manhã de sábado no Território do Norte. As comunidades aborígines do oeste da península do Cabo York continuam em alerta. As estradas que ligam a região à cidade de Cairns estão fechadas ao tráfico. À espera da tormenta Os 4.000 habitantes de Nhulunbuy, a uns 750 quilômetros ao norte de Katherine, na região de Arnhem Land, onde vivem umas 20.000 pessoas, estão preparados para a chegada da tormenta, indicou a polícia local. Na quarta-feira, Mônica chegou ao Estado de Queensland, no nordeste da Austrália, com ventos de até 220 quilômetros por hora e fortes chuvas, mas sem causar vítimas.

Agencia Estado,

21 Abril 2006 | 03h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.