Rishabh R.Jain / AP
Rishabh R.Jain / AP

Ciclone Vayu se dirige ao oeste da Índia e obriga retirada de cerca de 300 mil pessoas

Autoridades do Estado de Gujarat informaram que 130 mil moradores já foram transferidos para áreas mais seguras

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2019 | 10h28

AHMEDABAD, ÍNDIA - O ciclone Vayu está ganhando força e se aproxima do oeste da Índia, onde pode tocar a terra na quinta, com rajadas de vento de até 170 km/h, informaram as autoridades nesta quarta-feira, 12.

As autoridades do Estado de Gujarat iniciaram a retirada de moradores das zonas costeiras, onde vivem cerca de 300 mil pessoas.

"Muitas pessoas que vivem perto da costa não querem sair e deixar suas casas. Nossos agentes estão tentando convencê-las", disse Ajay Prakash, uma autoridade local.

"Esperamos conseguir movê-las a tempo", ressaltou o funcionário do distrito de Gir-Somnath, onde o ciclone Vayu deve chegar durante a madrugada (local).

Vijay Rupani, responsável por Gujarat, explicou à imprensa que 130 mil pessoas já foram transferidas para áreas mais seguras.

Os ciclones são relativamente raros em Gujarat. O pior deles atingiu a região em 1998, quando mais de 4 mil pessoas morreram, segundo dados oficiais. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.