CICV denuncia invasão de escritório por Israel

A polícia israelense invadiu ontem um escritório do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) em Jerusalém para prender dois militantes do Hamas que estavam abrigados no local havia um ano e meio.Mohammed Totah, deputado palestino, e Khaled Abu Arafeh, ex-ministro da Autoridade Palestina, foram detidos nas instalações do CICV, juntamente com um parente de um deles. Em 2010, autoridades israelenses planejavam deportá-los e, em fuga, eles buscaram abrigo no escritório da organização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.