Bruna Toni/Estadão
Bruna Toni/Estadão

Cidadão americano é preso na Rússia sob acusação de espionagem

Informações foram divulgadas nesta segunda-feira pela FSB, a agência de segurança russa e sucessora da KGB

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2018 | 10h19

MOSCOU - Um cidadão americano foi preso em Moscou sob acusação de espionagem na sexta-feira 28, segundo declaração publicada nesta segunda, 31, pela a FSB, a agência de segurança russa e sucessora da KGB. A FSB afirmou que o homem foi pego “durante uma operação de espionagem”, mas não deu mais detalhes.

A agência estatal de notícias Tass identificou o homem como Paul Whelan, que pode ser sentenciado a mais de 20 anos de prisão na Rússia.

A embaixada dos Estados Unidos em Moscou não fez comentários.

A prisão do americano vem após um período crítico nas relações diplomáticas entre os Estados Unidos e a Rússia devido à crise da Ucrânia, a guerra na Síria e as alegações de que os russos interferiram sobre as eleições presidenciais americanas de 2016. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.