Cidade chinesa inaugura moderno sistema de trem urbano

A cidade de Dalian, localizada no nordeste da China e contando com uma população de cerca de 3 milhões de habitantes, inaugurou, nesta sexta-feira, seu serviço de transporte público operado por um trem Maglev, movido por um sistema de tubos supercondutores. Os trens Maglev flutuam a cerca de dez centímetros acima dos trilhos num ?colchão magnético?, eliminando-se as rodas convencionais e o atrito com o chão, o que aumenta bastante a velocidade de deslocamento. Atualmente, Alemanha e Japão lideram a tecnologia mundial do setor, mas o trem chinês "Zhongua número 1" consome menos energia, respeita o meio ambiente e é o de menor custo operacional, segundo Li Lingqun, diretor do grupo de estudo do projeto. O trem chinês, que está sendo fabricado com um custo de cerca de um sexto da média mundial, mede 10,3 metros de comprimento e 3,12 de largura, e alcançou no teste uma velocidade máxima em torno de 110 quilômetros por hora. Em Xangai, a segunda maior cidade chinesa, um sistema de transporte operado por um trem magnético de projeto e construção alemã foi inaugurado pela prefeitura para ressaltar o caráter moderno e avançado da cidade. Outras cidades, como Cantão, já anunciaram a possibilidade de implantá-lo, mas Dalian saiu na frente e apresentou, já nesta sexta-feira, o trem fabricado pela China.

Agencia Estado,

23 Outubro 2004 | 03h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.