Cidade 'demite' Papai Noel para economizar

Em meio à crise econômica, a cidade de Suffolk, no Estado americano de Nova York, decidiu não pagar este ano um veterano de guerra que tradicionalmente se vestia de Papai Noel e entregava presentes às crianças locais. A economia será de US$ 660.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.