Cidade do México suspende eventos públicos por 10 dias

A Cidade do México suspendeu todos os eventos públicos por dez dias enquanto autoridades sanitárias tentam conter a disseminação da epidemia de gripe suína. O prefeito, Marcelo Ebrard, disse que a cidade tem medicamentos suficientes para tratar os cidadãos contaminados, mas o foco do governo neste momento é conter o vírus.

AE, Agencia Estado

25 de abril de 2009 | 12h25

O secretário municipal de Saúde, Armando Ahued, disse que dez novos casos de infecção foram descobertos, elevando o total para 1.004. Testes mostraram que 20 pessoas morreram contaminadas pela gripe suína e outras 48 mortes podem estar relacionadas à doença.

O vírus causador da doença, o A/H1N1, é uma mistura dos vírus da gripe humana, suína e aviária, com o qual os epidemiologistas estão muito preocupados. A diretora-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Margaret Chan, disse hoje que a gripe suína tem potencial para tornar-se uma pandemia. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeMéxicogripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.