Cidade do sul do Paquistão é invadida pela enchente

A cidade de Sujawal, no sul do Paquistão foi inundada neste domingo. As autoridades lutam para construir, com argila e pedras, um novo dique na região. Quase todos os 250 mil moradores de Sujawal deixaram a cidade antes da chegada das águas, mas os danos às casas, clínicas médicas e escolas se somam à grande devastação que as enchentes têm causado em todo o país, disse Hadi Baksh, gestor de situações de emergência da província de Sindh, no sul.

AE-AP, Agência Estado

29 de agosto de 2010 | 09h56

As águas que atingiram Sujawal neste domingo chegaram à cidade após destruírem um dique do rio Indo dois dias antes. A cidade fica a cerca de 150 quilômetros a sudeste de Karachi, a capital de Sindh, e a 25 quilômetros a sudeste de Thatta, uma cidade histórica com cerca de 350 mil habitantes, que em sua maioria foram para locais mais altos. Thatta é a base de operações das autoridades locais que tentam enfrentar o desastre.

As autoridades se apressaram em construir diques improvisados ao longo da estrada que liga Sujawal a Thatta, partes da qual já foram inundadas, disse Baksh. "Estamos tentando obstruir as pontes em três pontos diferentes para impedir que a água vá na direção de Thatta", declarou Baksh. "Estamos fazendo tudo o que podemos."

As enchentes tiveram início no montanhoso noroeste do Paquistão, cerca de um mês atrás, com o início das chuvas de monções e têm se dirigido lentamente para a região costeira, ao sul, inundando vastas áreas de cultura agrícola e danificando ou destruindo cerca de 1 milhão de casas. Mais de 8 milhões de pessoas precisam de assistência emergencial no país.

As autoridades de Sujawal tentam limitar os danos, mas o nível da água já subiu 1,5 metro no centro da cidade e 3 metros nas vilas próximas, disse Anwarul Haq, funcionário da administração de Sujawal. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoenchentesdesastre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.