Cidade ergue mausoléu para general fascista

A cidade italiana de Affile inaugurou um mausoléu para o general fascista Rodolfo Graziani. O monumento, que causou protestos de diversas correntes políticas no país, custou 127 mil. Graziani ocupou diversos cargos sob o comando de Benito Mussolini.

O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.