Cidade natal de Stalin comemora o aniversário do ditador

Os habitantes da pequena cidade georgiana de Gori, situada a 80 quilômetros de Tbilisi, celebraram o 125º aniversário de nascimento do ex-ditador soviético Josef Stalin. Milhares de russos continuam honrando seu legado, apesar da brutal repressão sob seu regime. Segundo uma pesquisa divulgada na segunda-feira, 29% dos russos dizem que, apesar dos erros e crimes atribuídos a Stalin, o mais importante foi a vitória da União Soviética sobre a Alemanha nazista. Stalin também é lembrado por seus admiradores como o responsável pela industrialização do país e por ter feito da Rússia uma potência nuclear. No Ocidente, Josef Stalin, cujo verdadeiro nome era Josef Vissarionovich Dzhugashvili, é considerado um tirano brutal, responsável por expurgos políticos que mataram mais de 10 milhões de pessoas e pela coletivização forçada das propriedades rurais. A pesquisa de opinião pública mostrou ainda que 16% da população acredita que o povo russo "jamais será capaz de viver sem um líder como Stalin".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.