CIDH critica aprovação da Lei de Mídia no país

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) manifestou ontem sua preocupação com a Lei de Mídia aprovada no Equador e pediu às autoridades do país que adaptem sua legislação aos padrões internacionais de liberdade de expressão. O projeto, que foi aprovado em julho no Congresso, tem como objetivo regular a atuação dos meios de comunicação no Equador.

O Estado de S.Paulo

29 Junho 2013 | 02h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.