Cientistas dos EUA procuraram bombas antes do réveillon

O governo dos EUA destacou grupos de cientistas com equipamentos sofisticados de detecção de radiação escondidos em maletas e sacos de golfe para que fizessem uma busca de possíveis bombas radioativas, ou "sujas", em cinco cidades importantes do país, antes do feriado de ano novo.A informação foi dada por autoridades envolvidas em esforço de emergência e publicada hoje em reportagem do Washington Post. Foi a primeira vez desde os atentados de 11 de setembro de 2001 que especialistas em radiação foram convocados pelo Departamento de Energia. Eles fizeram buscas em Washington, Nova York, Las Vegas, Los Angeles e Baltimore. A operação foi conduzida em segredo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.