Cinco colombianos são extraditados para os Estados Unidos

O Governo da Colômbia extraditou neste sábado aos Estados Unidos cinco colombianos que são acusados pelos americanos de crimes de narcotráfico e terrorismo, informaram fontes oficiais. Um comunicado de imprensa explica que os enviados aos Estados Unidos a pedido dos tribunais americanos são: Heriberto Torres Romero, requerido pelo Distrito Norte do estado da Geórgia, por delitos de lavagem de dinheiro e narcóticos, e José Tito Libio Ulloa Melo, requerido pelo Distrito Sul do estado da Flórida, por trânsito de emigrantes, terrorismo e lavagem de dinheiro. José Oscar Palacios Gómez e Nelson de Jesús López Orozco, acusados de narcotráfico no estado de Illinois, ambos requeridos pelo Distrito Sul do estado da Flórida, e Carlos Alberto Bejarano Ospina, requerido pelo Distrito Leste do estado de Nova York, por delitos federais de narcóticos. Também foi confirmada a extradição de Hugo Alberto Rojas Yepes, que deverá comparecer ao Distrito de Columbia. As respectivas resoluções de extradição foram assinadas pelo presidente Álvaro Uribe, e o ministro do Interior e de Justiça, Carlos Holguín. Desde agosto de 2002, o Governo colombiano autorizou o envio a diferentes países de cerca de 400 pessoas, a maiorias aos Estados Unidos por crimes ligados ao narcotráfico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.