Cinco morrem em novos ataques no sul da Tailândia

Pelo menos três civis e dois policiais foram assassinados nesta quarta-feira em novos ataques de rebeldes na conflituosa região muçulmana do sul da Tailândia, informaram fontes policiais.Num dos ataques, dois soldados foram feridos pela explosão de uma bomba. Outros dois policiais foram baleados numa emboscada de um grupo de insurgentes armados.O tenente Sirichai Suksaran, da delegacia central regional da província de Yala, disse que as outras vítimas mortais foram dois trabalhadores de um seringal e o proprietário de uma loja em Narathiwat, capital da província de mesmo nome.Os novos assassinatos aconteceram um dia depois de duas pessoas morrerem e outras 18 serem feridas por bomba numa rua de Yala.Pelo menos 1.800 pessoas morreram nas províncias muçulmanas de Yala, Pattani e Narathiwat, desde que o movimento separatista islâmico retomou a luta armada em janeiro de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.