Cinco palestinos são feridos em Hebron

Cinco palestinos ficaram feridos hoje com estilhaços de granadas lançadas por soldados israelenses contra um mercado no centro da cidade de Hebron, na Cisjordânia. O exército israelense confirmou as informações, mas um porta-voz militar disse que os soldados estavam apenas checando a documentação dos palestinos. Cerca de 150 palestinos foram detidos para interrogatório. Segundo militares de Israel, os palestinos foram liberados após serem identificados. Também hoje, o Exército israelense decretou toque de recolher obrigatório durante duas horas no centro da cidade. As tropas cercaram várias pessoas, enquanto comerciantes, vendedores e transeunte tentavam desenvolver suas atividades normalmente. Cenas similares de palestinos negando-se a cumprir ordens para abandonar as ruas têm sido comuns em outras áreas desde a imposição dos toques de recolher. Israel justifica sua ação citando os militantes palestinos que entram em seu território para realizar ataques terroristas. Grandes Acontecimentos InternacionaisESPECIAL ORIENTE MÉDIO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.