Cinco pessoas morrem em ataque em zona tribal paquistanesa

Um avião teleguiado dos EUA teria lançado dois mísseis perto da cidade de Miran Shah

EFE

12 de outubro de 2008 | 05h46

Pelo menos cinco pessoas morreram em um novo ataque com mísseis na zona tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, fronteira com o Afeganistão, supostamente lançado por um avião americano sem piloto, informou neste domingo uma fonte de segurança. Segundo a fonte, citada pelo canal privado "Geo TV", um avião teleguiado dos EUA lançou no sábado à noite dois mísseis perto de Miran Shah, capital do Waziristão do Norte. "Dois mísseis caíram contra um complexo justo nos arredores de Miran Shah, que mataram cinco pessoas e deixaram duas feridas", disse a fonte sob condição de anonimato. Os feridos foram já levados a um hospital da região. Nem o comando militar paquistanês nem o comando americano informaram sobre o ataque.

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTÃOTERRORISMO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.