Cinco policiais morrem em atentado com bomba na Tailândia

Pelo menos cinco policiais tailandeses morreram nesta quinta-feira e outros três ficaram feridos na explosão de uma bomba na região muçulmana do sul da Tailândia, indicaram fontes policiais.A explosão aconteceu na província de Narathiwat durante apassagem de dois veículos nos quais viajavam os policiais, que se dirigiam a uma escola do distrito de Ruesoh para proteger os professores.O chefe da delegacia do distrito, coronel Banlue Chuwet, e outros policiais que viajavam no segundo veículo saíram ilesos da explosão, que destruiu o primeiro carro.Depois do atentado, o coronel Chuwet disse que a bomba, que deixou uma cratera de um metro de profundidade e quase dois de diâmetro, foi ativada por um telefone celular. O atentado aconteceu um dia depois que dois soldados foram mortos em uma emboscada por dez insurgentes armados com fuzis na província de Yala. Cerca de 1.350 pessoas morreram nas províncias de Narathiwat, Yala e Pattani desde que o movimento separatista islâmico retomou a luta armada em janeiro de 2004, depois de dez anos de pouca atividade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.