Cinco presos de Guantánamo aceitam ir para o Qatar

Intenção da transferência é encorajar a milícia fundamentalista Taleban a participar de negociações

AE, Agência Estado

10 de março de 2012 | 14h45

Cinco prisioneiros mantidos pelos Estados Unidos na carceragem da base naval de Guantánamo, em Cuba, aceitaram ser transferidos para o Qatar, disseram funcionários do alto escalão do governo do Afeganistão, em visita ao local.

A intenção da transferência é encorajar a milícia fundamentalista islâmica Taleban a participar de negociações. Segundo as fontes afegãs, os cinco prisioneiros em questão lutavam ao lado do Taleban e concordaram com a transferência, mas o processo ainda precisa ser aprovado pelo exército dos Estados Unidos. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.