Cinco soldados dos EUA morrem em ataque no Iraque

Cinco soldados norte-americanos e dois policiais iraquianos morreram hoje no Iraque durante a explosão de um caminhão bomba, no pior ataque individual contra o Exército dos Estados Unidos no país em mais de um ano.

AE-AP, Agencia Estado

10 de abril de 2009 | 14h36

Segundo o Exército dos EUA, duas pessoas foram detidas por suposta conexão com o ataque, que está sendo investigado, e a última vez em que cinco soldados americanos morreram em um único ataque foi em 10 de março de 2008.

Um sexto soldado americano e 17 policiais iraquianos ficaram feridos na explosão, que aconteceu perto do quartel-general nacional da polícia, em Mossul. A cidade é a última fortaleza urbana da Al-Qaeda e deve ser deixada pelas tropas americanas em 30 de junho. A aproximação da data tem gerado preocupações sobre o que irá acontecer depois que os soldados dos EUA partirem.

Segundo uma autoridade das operações norte-americanas, o alvo do ataque era o complexo nacional da polícia iraquiana em Mossul, e não soldados americanos. De acordo com ele, os soldados apenas estavam na mesma rua durante a explosão.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.