Cinco soldados dos EUA morrem no Iraque

Cinco soldados dos Estados Unidos morreram em Bagdá e na província de al-Anbar, a oeste da capital, informou nesta sexta-feira o comando militar americano no Iraque. Três militares morreram na quinta-feira devido à explosão de uma bomba sob seu carro, no leste de Bagdá, segundo um comunicado. Outra nota informa que um soldado americano morreu na quinta-feira devido aos ferimentos sofridos num combate com insurgentes em al-Anbar, o principal reduto da resistência árabe sunita no Iraque. Além disso, houve uma morte numa ação "não bélica" no norte da capital, segundo um terceiro comunicado divulgado. Já chegam a 2.822 os militares americanos mortos desde a invasão do Iraque por forças multinacionais, em março de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.