Cinco soldados iraquianos morrem em ataque insurgente

Cinco soldados da guarda nacional iraquiana morreram e outros cinco ficaram feridos hoje em um ataque da guerrilha contra um posto de bloqueio em Mahmudiyah, a 30 quilômetros ao sul de Bagdá. A Guarda Nacional, que constitui o embrião do novo exército iraquiano, começou a patrulhar hoje em Bagdá de forma conjunta à polícia local.Ontem, um fuzileiro naval norte-americano morreu em decorrência dos ferimentos causados por um ataque na porção ocidental do Iraque. O marine foi ferido na província de Anbar, enquanto "participava de operações para reforçar a segurança e a estabilidade" da região, informaram militares dos Estados Unidos.O oficial, que não terá sua identidade revelada até que sua família seja notificada do episódio, fazia parte da 1ª Força Expedicionária. Este foi o quarto marine morto desde que a soberania foi entregue ao Iraque, em 28 de junho.A província de Anbar é uma área dominada por sunitas, que resistem à ocupação dos EUA. Mais de 850 efetivos morreram desde o começo das operações no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.