Cinco soldados russos morrem em novos choques na Chechênia

Forças federais russasperderam cinco soldados em ataques rebeldes e explosões de minasna conturbada república da Chechênia ao longo do último dia,revelou hoje uma fonte ligada à administração chechenapró-Moscou. Dois soldados perderam a vida e cinco ficaram feridos em 15ataques rebeldes contra bases e postos russos de checagemsituados na região na últimas 24 horas. Dois militares morreramno fim da noite de ontem, quando o veículo no qual viajavampassou sobre uma mina em uma rodovia na região montanhosa deNozhai-Yurt, disse a fonte. Na região de Prigorodnoye, nas proximidades de Grozny, acapital chechena, um soldado morreu ontem quando tentavadesativar uma minha. Outro soldado ficou ferido na explosão. No vizinho Daguestão, um grupo de cinco a seis homens armadosmatou quatro policiais russos em um tiroteio na cidade deKizlyar, perto da fronteira com a Chechênia. Abdul Musayev, porta-voz da polícia, disse que agentes russosmataram três agressores que se esconderam em um prédio. Nãoficou claro se os outros dois ou três foram detidos ouconseguiram escapar. Segundo ele, os homens armadosaparentemente cruzaram a fronteira com a Chechênia para promoverataques na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.