Cinegrafista da rede Al-Jazira está desaparecido em Basra

Um cinegrafista da rede árabe Al-Jazira se encontra desaparecido após um tanque britânico abrir fogo em Basra, no sul do Iraque, enquanto voluntários distribuíam alimentos para a população. A equipe da Al-Jazira estava filmando a distribuição da ajuda em uma loja de Basra - onde o problema humanitário é cada vez mais grave -, quando o tanque britânico abriu fogo, provocando o incêndio de dez caminhões carregados de alimentos para a população civil e destruindo um automóvel de TV Al-Jazira. Quatro pessoas integravam a equipe da rede de Catar, entre elas o jornalista Mohammed Abdallah, que relatou o incidente diretamente para a emissora. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.