Cinegrafista da Reuters é morto a tiros em Bagdá

Mazen Dana, cinegrafista da Reuters,foi morto a tiros hoje enquanto trabalhava próximo a umaprisão administrada pelos EUA nos arredores de Bagdá, informou aagência de notícias britânica. Segundo a Reuters, testemunhas contaram que Dana, de 41 anos,estava gravando imagens do exterior da prisão Abu Ghraib, nooeste da capital iraquiana, quando foi baleado. Um comunicado oficial emitido por militares americanos emBagdá confirmou "um acidente fatal envolvendo um civil na prisãoAbu Ghraib" e anunciou a abertura de uma investigação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.