Cinegrafista da Sky News é morto no Egito

Britânico Mick Deane tinha 61 anos e trabalhava há 15 na emissora

O Estado de S. Paulo,

14 de agosto de 2013 | 11h48

CAIRO  - O canal de TV britânico Sky News disse que um de seus cinegrafistas foi morto enquanto filmava a violência no Egito. Segundo o canal, Mick Deane fazia parte de sua equipe de jornalistas que estava cobrindo a desintegração dos acampamentos de protestos no Cairo hoje. O resto da equipe não ficou ferida.

O diretor de notícias da Sky News Joh Ryley disse que Deane foi um jornalista brilhante e um mentor para muitos colegas."A perda de um colega muito querido será profundamente sentida em toda Sky News. Nossos pensamentos e orações estão com sua esposa e família",afirmou Ryley, em comunicado.

Dezenas de pessoas foram mortas em todo o Egito, em confrontos entre as forças de segurança e partidários do presidente deposto Mohammed Morsi. / AP e REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.