Cinegrafista diz ter visto cem corpos em escola

Pelo menos sete pessoas morreram e outras 310 ficaram feridas nesta manhã durante a invasão da escola tomada por rebeldes chechenos, na cidade de Beslan, na Ossetia do Norte, Rússia. A informação foi dada pela agência russa Itar Tass, mas ainda não foi confirmada pelas autoridades. A CNN informou que um cinegrafista da emissora ITV conseguiu entrar no ginásio onde os reféns eram mantidos e afirmou ter visto pelo menos 100 corpos. Ele teria sido descoberto pelos militares e colocado para fora do prédio, onde fez a revelação aos colegas. As primeiras notícias davam conta de que teriam morrido na operação cinco terroristas e cinco crianças. Em imagens mostradas pela CNN alguns corpos eram levados em macas até um jardim em frente à escola. De acordo com uma mulher libertada ontem, havia no prédio 1020 reféns. Hoje já se fala em 1500.Leia maisSeqüestradores ainda trocam tiros com soldados russosPelo menos 200 pessoas estão internadas em BeslanPelo menos 30 pessoas conseguem fugir da escola russa Situação continua crítica em escola russa, em Beslan

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.