Cingapura instalará câmeras em trens contra terroristas

Cingapura instalará câmeras de vigilância em estações e vagões da rede de trens e metrô para identificar possíveis terroristas e intimidar os criminosos comuns, informou nesta terça-feira a imprensa local.O jornal The Straits Times informou que cada vagão terá duas câmeras de circuito fechado funcionando 24 horas por dia e capazes de armazenar até 28 dias de gravações. Os equipamentos serão resistentes até a explosões de bombas.Após um ano de testes em 25 trens e algumas estações, acidade-estado instalará o sistema nos 106 trens que cobrem as 51 estações de metrô, as três conexões e o centro de operações da rede de metrô e ferrovias em Stamford Road.A presença das câmaras permitirá detectar movimentos repentinos e ruídos suspeitos, que serão informados ao pessoal de segurança.Além disso, os dispositivos funcionarão mesmo em caso de corte da energia elétrica ou pouca visibilidade, e emitirão um alerta se uma das câmeras apresentar defeitos.Cingapura afirma ser um dos países mais preparados do mundo para um atentado terrorista, apesar de não ter sofrido nenhum até o momento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.