Cingapura terá eleição presidencial mais concorrida

A eleição presidencial de Cingapura no próximo dia 27 será disputada por quatro candidatos, informou o departamento de eleições da cidade-Estado nesta quarta-feira. O anúncio estabelece o cenário para a mais concorrida eleição presidencial da história de Cingapura. Será a primeira vez que os cingapurianos escolherão seu chefe de Estado desde 1993.

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2011 | 08h30

A disputa pode dar uma indicação do sentimento popular em relação às promessas de reforma do Partido da Ação do Povo, feitas depois da votação historicamente baixa recebida pelo partido na eleição geral de maio. O presidente não tem autoridade executiva e não se envolve no cotidiano do governo de Cingapura. Mas o posto tem certos poderes de veto sobre o uso das reservas externas do país e alguma responsabilidade sobre a nomeação de funcionários públicos.

Os candidatos são Tony Tan, ex-presidente da Singapore Investment Corp. e ex-vice-primeiro-ministro; Tan Cheng Bock, presidente da empresa de transportes marítimos Chuan Hup Holdings e ex-advogado; Tan Kin Lian, ex-chefe executivo da seguradora NTUC Income; e Tan Jee Say, consultor de investimentos e ex-funcionário público.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Cingapuraeleições presidenciais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.