Cinza vulcânica pode alcançar França e Espanha

As colunas de cinzas lançadas pelo vulcão mais ativo da Islândia podem chegar ao norte da Escócia até a próxima terça-feira e também à França e à Espanha até a quinta-feira, caso a erupção continue. A informação foi divulgada hoje por funcionários responsáveis pela segurança aérea nesses países.

AE, Agência Estado

22 de maio de 2011 | 14h53

A erupção do vulcão Grimsvoetn provocou hoje o fechamento do espaço aéreo da Islândia. Há um ano, a erupção de outro vulcão no país, o Eyjafjoell, gerou um quadro de caos aéreo pela Europa. Especialistas e autoridades do setor de aviação dizem, porém, que o impacto da erupção do vulcão Grimsvoetn não deve ser tão abrangente.

O Grimsvoetn é o vulcão mais ativo da Islândia. Ele fica no centro da grande geleira de Vatnajoekull, e entrou em erupção no final do dia de ontem, enviando uma coluna de fumaça a até 20 quilômetros de altura. As cinzas logo cobriram vilas e fazendas próximas, e na manhã de hoje chegaram à capital, quase 400 quilômetros a oeste.

A administração aeroportuária da Islândia, Isavia, anunciou na manhã de hoje que o principal aeroporto do país, o Keflavik, estava fechado e que quase todo o espaço aéreo do país também não está aberto, por causa da nuvem de cinzas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IslândiavulcãoFrançaEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.