Cinzas de vulcão no Chile se espalham e geram novos cancelamentos de vôos

Nuvens de cinzas vulcânica não devem, no entanto, afetar espaço aéreo brasileiro

BBC Brasil, BBC

14 de junho de 2011 | 09h18

Aeroportos de cidades do Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile foram afetados

     

 

 

As cinzas do vulcão Puyehue, no Chile, continuam causando cancelamentos de voos em inúmeros países, entre eles o Brasil.

Na segunda-feira à noite, mais de 70 voos de diferentes aeroportos sul-americanos foram cancelados.

Entre os terminais afetados, estão os de grandes cidades do Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile.

Empresas aéreas como a GOL, TAM, Aerolíneas Argentinas, Pluna e Lam que partiam ou que tinham como destino cidades próximas à área do vulcão foram cancelados.

Nesta terça-feira pela manhã, as cinzas também provocaram o cancelamento de voos na Austrália e na Nova Zelândia.

A Força Aérea Brasileira (FAB) disse que o espaço aéreo do Brasil não deve ser afetado pelas cinzas, mas desde que sejam mantidas as atuais condições atmosféricas. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.