Circos alemães podem ser proibidos de ter animais selvagens

Os circos alemães vão deixar de ter ursos, macacos, elefantes e provavelmente outros animais selvagens, se for aprovada uma proposta de lei apresentada pelo estado de Hessen no Bundesrat (Conselho Federal). O ministro do Ambiente de Hessen, Wilhelm Dietzel, justificou a iniciativa afirmando que não é possível ter animais selvagens nos circos respeitando as características de cada uma das espécies. ?Os animais passam a maior parte da sua vida encurralados em transportes, o que lhes provoca perturbações no comportamento, doenças e em muitos casos até a morte?, disse o político democrata- cristão. A iniciativa deverá culminar numa lei nacional que proíba a posse e a manutenção de animais selvagens em condições desumanas. O governo regional de Hessen quer também que seja criado um registo nacional de circos, para ser mais fácil fiscalizar o respeito pelas leis alemãs de proteção aos animais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.