Cirurgia de Kirchner foi um sucesso, diz ministro

A cirurgia a que se submeteu o ex-presidente argentino Néstor Kirchner neste domingo para desobstrução de sua artéria carótida foi um sucesso, segundo um ministro do governo argentino. "Tudo correu bem", disse o ministro do Trabalho, Carlos Tomada, aos jornalistas que chegavam ao hospital.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

08 de fevereiro de 2010 | 07h13

A carótida é uma artéria que leva sangue com oxigênio para o cérebro. Kirchner, que governou a Argentina de 2003 a 2007, foi internado ontem (domingo) em estado grave, com problemas na carótida direita. Ele entrou na sala de cirurgia do Sanatório Los Arcos, no bairro de Palermo, em Buenos Aires, pouco antes das 19h (20h de Brasília). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ArgentinaKirchnercirurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.