Ciudad Juárez tem o dia mais violento em três anos

Vinte e cinco pessoas foram assassinadas ontem em uma série de ataques aparentemente promovidos pelo crime organizado em Ciudad Juárez. O dia foi considerado o mais violento em três anos na cidade fronteiriça mexicana, informaram hoje as autoridades.

Agência Estado

10 de setembro de 2010 | 18h41

Arturo Sandoval, porta-voz da procuradoria local, disse que no pior ataque do dia homens armados invadiram uma casa, mataram dois homens e depois assassinaram mais quatro pessoas apenas por terem testemunhado o crime.

A cidade mexicana faz fronteira com El Paso, no Estado norte-americano do Texas, e tornou-se uma das mais violentas do mundo em meio à guerra pelo controle de rotas do tráfico de drogas entre os cartéis de Sinaloa e Juárez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.