Civis mortos em atentado no Afeganistão chegam a 22

Havia mulheres e crianças entre os mortos; atentado é similar aos realizados pelo Taleban no país

AE, Agência Estado

18 de agosto de 2011 | 09h11

HERAT - Vinte e dois civis morreram quando o micro-ônibus em que elas estavam foi atingido por um ataque à bomba no oeste do Afeganistão nesta quinta-feira, informou a administração provincial. O atentado foi similar aos comumente realizados pelo Taleban no país.

Um porta-voz da administração provincial, Moheyddin Noori, disse que havia mulheres e crianças entre os mortos no ataque, ocorrido no distrito de Obe, na província de Herat. Anteriormente, as autoridades haviam confirmado 14 civis mortos.

Em uma segunda explosão no mesmo distrito, uma mulher foi morta e sete homens ficaram feridos quando o caminhão em que eles estavam atingiu outra bomba improvisada, segundo Noori. "No total, nós temos 23 mortos e sete feridos", disse Noori, falando do hospital da cidade de Herat.

O micro-ônibus lotado de passageiros fazia o trajeto entre o distrito de Obe, na província de Herat, e a província de Cabul, onde fica a capital do país, de mesmo nome, informou o porta-voz, que atribuiu o atentado ao Taleban. Bombas improvisadas, construídas com munição velha, são uma das características dos ataques dos insurgentes do grupo. O Taleban luta há quase uma década para derrubar o governo do presidente Hamid Karzai, apoiado pelos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoviolênciaexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.