Civis também são processados

O mês de dezembro marcou o início de uma nova fase nos julgamentos de ex-integrantes da ditadura, já que os civis que participaram do regime começaram também a ser colocados no banco dos réus. O primeiro de uma série de julgamentos - que continuarão ao longo de 2013 - foi Jaime Lamont Smart, braço direito do general Ibérico Saint Jean, governador militar da Província de Buenos Aires no começo da ditadura. Smart foi condenado à prisão perpétua por sequestros, torturas e assassinatos de 42 pessoas. Vários ministros civis da ditadura são acusados de ter confiscado indevidamente os bens de vários empresários, que foram torturados ou mortos por ordens suas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.