Clandestino a bordo atrasa voo em 3 horas

A retirada de um passageiro clandestino de um voo que partiria de Lisboa com destino a Roma atrasou a viagem dos outros 150 passageiros em três horas. O homem embarcou disfarçado, mas a tripulação desconfiou e chamou a polícia.

O Estado de S.Paulo

03 Maio 2012 | 03h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.