Clérigo chega a Paris para visitar Arafat

Um dos mais importantes clérigos islâmicos desembarcou em Paris nesta quarta-feira para ver o presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat. O clérigo Taissir Dayut Tamimi, que preside o Conselho Superior do Tribunal Islâmico, "é amigo pessoal de Arafat", disse o ministro de Relações Exteriores, Nabil Shaath. Ele negou especulações de que Tamimi aconselharia sobre o desligamento dos aparelhos que ajudam a manter vivo o líder palestino. O clérigo vem "para estar perto do presidente Arafat, que se encontra na fase final de sua vida e não para desconectá-lo, porque para o Islã isso é proibido", disse a porta-voz palestina na França, Leila Shahid, à rádio France-Info.Segundo o chefe da equipe de Arafat, Ramzi Khoury, que acompanha o líder no hospital militar de Mercy, em Paris, não houve mudança em seu quadro clínico durante a noite. "O presidente continua vivo e suas condições são muito críticas", disse o ministro do Gabinete Palestino, Saeb Erekat. Ontem à noite em Ramala, Erekat afirmou que Arafat sofreu uma severa hemorragia cerebral, a qual poderá deixar seqüelas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.