Clérigo radical é preso no Reino Unido

O clérigo radical islâmico Abu Qatada foi detido nesta terça-feira no Reino Unido e enfrenta a possibilidade de ser deportado para a Jordânia, segundo o Ministério do Interior britânico.

AE, Agência Estado

17 de abril de 2012 | 09h57

Desde 2005, as autoridades britânicas tentam deportar Abu Qatada, um clérigo palestino-jordaniano descrito pela justiça do Reino Unido e Espanha como uma figura chave da Al-Qaeda na Europa, com o argumento de que ele representa risco à segurança nacional.

Em janeiro, a Corte Europeia para os Direitos Humanos decidiu contra a deportação de Abu Qatada, alegando que o clérigo poderia ser submetido à tortura na Jordânia antes de ir a julgamento sob acusação de terrorismo.

O governo britânico disse hoje que agora pretende retomar o processo de deportação depois de ter recebido novas garantias da Jordânia de que o clérigo terá direito a um julgamento justo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unidoradicalprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.