Clérigo xiita iraquiano fugiu para o Irã, diz TV americana

O clérigo xiita iraquiano Moqtada al-Sadr fugiu para o Irã, informou nesta terça-feira a rede de televisão norte-americana ABC News. Segundo a emissora, o líder deixou o Iraque há trêssemanas, rumo a Teerã, onde tem parentes. Al Sadr comandava o grupo Exército Mahdi, supostamente envolvido na guerra civil que vem ocorrendo no Iraque desde o início da ocupação americana, em março de 2003.A rede de televisão, que citou militares americanos de alta categoria como fonte de sua informação, acrescentou que a saída de Sadr, coincidiu com o reforço das tropas dos Estados Unidos no Iraque.Segundo a ABC, Sadr deixou o Iraque por medo de um bombardeio. "Ele teme que uma bomba detone a sua casa", disse uma das fontes à rede de televisão.A emissora diz que nos últimos meses Sadr vinha promovendo soluções políticas, e não militares. Alguns setores radicais da sua organização não estavam muito contentes e pediam responder com mais violência aos ataques sunitas.A rede de televisão informou que as autoridades americanas no Iraque aumentarão sua vigilância sobre os membros do Exército Mahdi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.