Clero britânico pede ação contra abuso de menores

Um informe encomendado pela Igreja Católica Romana britânica recomenda que a polícia investigue todos os clérigos, pessoal e voluntários da instituição, numa tentativa de eliminar o abuso sexual contra as crianças. O informe, divulgado hoje, foi elaborado por uma comissão dirigida por lorde Nolan, ex-juiz de apelações, e sugere a criação de uma base de dados nacional para todos os candidatos ao clero.Entre 1995 e 1999, 21 dos 5.600 sacerdotes católicos da Inglaterra e País de Gales foram condenados por delitos contra menores. "Nossa esperança é a de que este informe nos ajude a promover uma cultura de vigilância na qual cada membro adulto da Igreja se responsabilize consciente e ativamente pela criação de um ambiente seguro para as crianças e os jovens", diz a análise.O estudo aconselha a Igreja a estabelecer uma unidade nacional de proteção à infância, e diz que cada paróquia deveria designar um representante para se encarregar da proteção infantil. O informe diz também que os bispos e os superiores religiosos deveriam levar em consideração os ditames das juntas de seleção quando há dúvidas sobre as condições de um candidato a sacerdote.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.