Clinton anuncia novo fundo de US$ 20 milhões para Haiti

O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton anunciou hoje que planeja ajudar o Haiti a se recuperar do terremoto de 12 de janeiro com empréstimos para pequenos e médios negócios. Para isso, conta com o apoio do homem mais rico do mundo. Clinton disse que o mexicano Carlos Slim vai contribuir com metade dos investimentos iniciais para a criação de um fundo de US$ 20 milhões. A outra metade virá do empresário canadense Frank Guistra. Os dois participaram com o ex-presidente de uma reunião com a imprensa em Porto Príncipe, para anunciar a criação do fundo, que deve crescer com novas contribuições e os juros dos empréstimos com o passar do tempo.

AE-AP, Agência Estado

17 de junho de 2010 | 17h38

O dinheiro do fundo será emprestado a empresários haitianos que, de outra forma, não teriam acesso ao crédito, num país que já era pobre antes do terremoto que matou cerca de 300 mil pessoas e destruiu cerca de 105 mil moradias. "Nós esperamos capacitar empreendedores com as ferramentas para transformar suas aspirações, trabalho duro e boas ideias em negócios rentáveis que criem empregos e ajudem a estimular o crescimento da economia haitiana", disse Clinton aos jornalistas.

O ex-presidente, que é enviado da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Haiti, estava no país para participar da primeira reunião do Comitê Interino de Reconstrução do Haiti, que supervisiona os mais de US$ 5 bilhões prometidos pela comunidade internacionais para reconstruir o país. O fundo de US$ 20 milhões é um projeto da Fundação Clinton por meio da Clinton Giustra Sustainable Growth Initiative, e da Fundação Carlos Slim, uma organização filantrópica criada pelo magnata mexicano das telecomunicações que neste ano ultrapassou Bill Gates, cofundador da Microsoft, e se tornou o homem mais rico do mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoBill CLintonfundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.