Clinton liga para FHC e diz que vem ao Brasil

Horas depois de ter selado uma aproximação com o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, o presidente Fernando Henrique Cardoso reencontrou, por telefone, outro velho amigo no primeiro escalão da política norte-americana. Ele recebeu um telefonema do ex-presidente Bill Clinton, que anunciou sua vinda ao Brasil nos próximos meses. "Ele ligou para cumprimentar o presidente e trocar idéias", contou um integrante da comitiva presidencial.A conversa foi rápida, mas suficiente para Bill Clinton contar ao colega brasileiro o que mudou em sua vida ao deixar a presidência. "Agora é minha mulher quem trabalha, eu estou de férias", resumiu, referindo-se à Hillary Clinton, que iniciou um mandato no Senado. O ex-presidente americano contou a Fernando Henrique que iniciará um ciclo de palestras pela América do Sul e também na Índia.Os dois políticos mantiveram o bom humor. Referindo-se à visita que fará ao Brasil, Clinton disse a Fernando Henrique que vai encontrar-se com a cantora baiana Virgínia Rodrigues, cujo talento foi descoberto pelo cantor e compositor Caetano Veloso. "E por que você não toca saxofone com ela?", perguntou o presidente, lembrando das habilidades musicais do amigo. Depois que deixou a presidência, o casal Clinton se tornou "vizinho" da embaixada brasileira. A ex-primeira-dama comprou uma casa ao lado do prédio da chancelaria brasileira em Washington.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.