Clinton reforça campanha de Obama na Flórida

Na primeira participação em comício do candidato,[br]ex-presidente diz que democrata ?é o futuro dos EUA?

AP e NYT, Orlando, EUA, O Estadao de S.Paulo

31 de outubro de 2008 | 00h00

O ex-presidente Bill Clinton e o candidato democrata Barack Obama juntaram forças na noite de quarta-feira e apareceram pela primeira vez juntos em um comício de campanha na cidade de Orlando na Flórida. Discursando para cerca de 35 mil pessoas, Clinton disse que Obama é o "futuro do país". "Barack representa o futuro dos EUA e, na terça-feira, vocês têm de ajudá-lo."À vontade, Clinton parece ter afastado qualquer ressentimento pela derrota de sua esposa, Hillary Clinton, nas primárias do partido. "A campanha presidencial é a maior entrevista de emprego do mundo", disse. "E, na terça-feira, vocês serão os responsáveis pela contratação."Obama retribuiu os elogios. "Quando ouvimos Bill Clinton, lembramos do que é ter um presidente inteligente, com energia e visão", disse o candidato. "Ouvindo Clinton, começamos a sentir saudades dos 28 milhões de novos empregos, do superávit orçamentário e de uma economia que funcionava para todos os americanos."O esforço conjunto dos dois tem como objetivo impulsionar a candidatura de Obama no centro da Flórida, considerado crucial nas eleições e onde Clinton é bastante popular. Nas duas últimas eleições, no entanto, os republicanos venceram no Estado com os votos da região central - os democratas são tradicionalmente fortes em Miami e nos arredores.O instituto Nielsen, que mede audiência na TV americana, afirmou ontem que o programa de 30 minutos de Obama, que foi ao ar em horário nobre em sete das principais redes de TV do país, foi assistido por 33,6 milhões de pessoas - cerca de 3 milhões de espectadores a mais que as sete redes atraem normalmente. Obama comprou o horário por cerca de US$ 4 milhões.O democrata fez campanha ontem em três Estados: Flórida, Missouri e Virgínia. Hoje, ele visita Iowa e Indiana. O republicano John McCain passou o dia em Ohio, onde fez comícios em quatro cidades. Hoje, o republicano permanece no Estado, onde tem eventos programados em outras quatro cidades.Ontem, as pesquisas nacionais de intenção de voto permaneceram inalteradas. Obama mantém a dianteira em todas, oscilando entre 3 pontos de vantagem na sondagem da Fox News (47% a 44%) e 7 pontos na da Reuters-Zogby (50% a 43%).No entanto, nas pesquisas estaduais, o democrata ganhou terreno, principalmente em Nevada. De acordo com sondagem da CNN, ele tem agora 7 pontos de vantagem sobre McCain (52% a 45%). Analistas afirmam que Nevada pode estar seguindo a mesma tendência de Colorado e Novo México, redutos republicanos onde Obama lidera com folga.PESQUISAS190 votosÉ a diferença entre Obama e McCain (364 a 174) no Colégio Eleitoral, se a eleição fosse hoje, de acordo com o site Real Clear Politics7 pontosÉ a vantagem de Obama em Nevada (52% a 45%), segundo a CNN4 pontosÉ a vantagem de Obama em Ohio (51% a 47%), segundo a CNN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.