Clinton teve chance de eliminar Bin Laden

Nos últimos dias de seu governo, o presidente americano Bill Clinton, teve a oportunidade de eliminar o terrorista saudita Osama bin Laden. Os funcionários do governo Clinton obtiveram informações secretas revelando a localização do terrorista, mas um plano para matar Bin Laden não foi levado adiante.Em entrevista à Associated Press, o ex-assessor de Segurança Nacional, Sandy Berger, disse que Clinton pensou várias vezes na possibilidade de atacar Bin Laden, mas nunca acharam que tinham informação suficiente. "Eu posso dizer categoricamente que, em nenhum momento, nós tivemos informação suficiente para agir", disse Berger

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.