Clonagem de gato desperta interesse do público

Uma empresa que planeja clonar animais domésticos recebeu muitos telefonemas após ter anunciado que os cientistas do Texas haviam clonado um gato, afirmou o executivo-chefe da companhia nesta sexta-feira. Uma gata batizada de "CC" nasceu no dia 22 de dezembro e agora está sadia, disseram os pesquisadores da Universidade A&M do Texas, em College Station. Liderado pelo Dr. Mark Westhusin, da Escola de Medicina Veterinária da A&M, o projeto, financiado pela empresa Genetic Savings & Clone, foi o primeiro sucesso dos esforços para se clonar um animal doméstico. "Há muito interesse nisso", disse Lou Hawthorne, executivo-chefe da empresa. Segundo ele, a demanda por cães e gatos clonados é "bem maior do que poderemos atender por muitos anos". Hawthorne afirmou que a maioria das pessoas que telefonou para Genetic Savings & Clone desde que a clonagem do gato foi divulgada pelo jornal acadêmico Nature perguntou sobre gatos, mas alguns também pediram informações sobre cães. Os pesquisadores dizem ser mais difícil clonar cachorros do que gatos, mas "faremos todos os dois".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.