CNT diz ter detido chanceler kadafista perto de Trípoli

O Conselho Nacional de Transição (CNT) disse ontem ter prendido um dos principais aliados de Muamar Kadafi. Outro teria morrido em combate. Segundo o porta-voz dos rebeldes em Sabha, Mohammed Ouydat, o chanceler do regime, Abdelati Obeidi, teria sido preso em uma fazenda na cidade de Janzour, no subúrbio de Trípoli. O chefe do serviço secreto líbio, Abdullah al-Senussi, teria sido morto em combates com os insurgentes. Ambos são procurados pelo Tribunal Penal Internacional de Haia.

Andrei Netto, O Estado de S.Paulo

01 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.