Co-piloto cai de avião a 2.700 metros de altitude

O co-piloto de um avião monomotor caiu repentinamento do aparelho quando este fazia manobras a 2.700 metros do altitude e sobrevoava Houston, no Estado norte-americano do Texas.O co-piloto de 45 anos aparentemente pulou ou caiu da aeronavenos arredores de Prairie View, 32 quilômetros anoroeste de Houston, informou o jornal Houston Chronicle em sua edição de hoje, citando autoridades locais e federais. A identidade do co-piloto não foi revelada.Um instrutor de pilotagem, a única outra pessoa a bordo,estava concentrado numa manobra quando ouviu um barulho e viu os pés e as pernas do co-piloto antes de este sair da aeronave,disse ao Chronicle o tenente John Kremmer, xerife do condado deWeller.Kremmer disse que as buscas pelo co-piloto seriam retomadashoje. Segundo ele, não há indicações de que o homem possuísse um pára-quedas.Autoridades disseram que o Cessna 152 decolara havia 45minutos do aeroporto David Wayne Hooks, em Spring. O pilotonotificou as autoridades sobre o incidente antes de pousar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.