Coalizão de Koizumi obtém vitória apertada no Japão

A coalizão de governo do primeiro-ministroJunichiro Koizumi obteve maioria estável nas eleições para acâmara baixa do Parlamento do Japão, ainda que com uma perdasensível de cadeiras, segundo as últimas informações oficiais. "Não há problema. A coalizão do governo obteve a maioria",declarou Koizumi, ao conhecer os resultados. De acordo com a televisão japonesa, com base em dados oficiais a coalizão do governo obteve 275 das 480 cadeiras. Mas oPartido Liberal Democrata, PLD, de Koizumi, caiu de 247 para 237cadeiras, perdendo a maioria de que desfrutava sozinho. Esta foi a primeira eleição geral desde que Koizumi assumiu ocargo, em 2001. Segundo os últimos dados, a coalizão tripartiteencabeçada pelo PLD, o budista Komeito e o partidoNeoconservador conseguiu uma maioria limitada, embora sejasuficiente para governar na Câmara. Até então, a coalizãodesfrutava de uma cômoda maioria de 287 parlamentares. A vitória na câmara baixa, ainda que pequena, dará a Koizumifôlego suficiente para empreender um novo mandato, no qualpromete realizar reformas estruturais que impulsionem a economiado país. Apesar da vitória da coalizão do governo, com o PLD à frente,a segunda economia do mundo terá um trabalho árduo para voltar acolocar-se no caminho do crescimento. Nas palavras do próprioKoizumi, o processo poderá levar três anos. O porcentual de participação dos eleitores ficou em torno de52%, mais de dois pontos porcentuais a menos em comparação comas eleições de 2000.

Agencia Estado,

09 de novembro de 2003 | 19h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.