Coalizão governista se manterá até eleições, diz Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, insistiu hoje que a coalizão governista se manterá até as eleições nacionais de setembro de 2009, apesar de que já esteja previsto um confronto entre dois candidatos da situação. O Partido Social-Democrata (SPD, na sigla em alemão), que é minoritário na coalizão governista, anunciou o vice-chanceler e ministro de Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, como candidato nas próximas eleições.Para alguns, a aproximação do pleito tende a fragmentar a já frágil coalizão. "Apesar de todas as dificuldades, nós temos que cooperar", disse Merkel sobre a reunião de gabinete de hoje, ocorrida pouco depois do anúncio da candidatura de Steinmeier, no fim de semana. O SPD busca retomar o controle do governo, após dois anos de críticas durante os quais o partido perdeu popularidade. Porém, as críticas ainda não parecem capazes de desbancar a União Democrata Cristã (CSU, na sigla em alemão), de Merkel. Uma pesquisa da empresa Forsa realizada ontem - dois dias após o anúncio da candidatura de Steinmeier - mostra que o SPD subiu de 22% para 26% nas intenções de voto. No entanto, ainda está distante dos 37% da sigla de Merkel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.