Cobra invade Parlamento regional e ataca congressista na Índia

Na última semana a sessão foi suspensa depois que uma serpente foi encontrada no mesmo plenário

EFE

26 de julho de 2009 | 06h00

Um indiano foi hospitalizado após ser picado por uma serpente que entrou no plenário do Parlamento regional de Orissa, informou neste domingo uma fonte oficial.

 

Os parlamentares encontraram neste sábado, após o fim da sessão, uma serpente debaixo de um dos assentos e chamaram imediatamente os agentes especializados em casos de emergências relacionadas com estes animais.

 

"Não era venenosa. A serpente inclusive me mordeu primeiro", contou à agência "Ians" o oficial Suvendu Malik, que foi à Câmara para capturar o réptil. Durante a confusão, o aguazil Amiya Satpathy recebeu uma picada da serpente e hospitalizado em seguida. Ele não corre risco de morte, segundo fontes médicas citadas pela "Ians".

 

Na quinta-feira a sessão precisou ser suspensa depois que os legisladores encontraram uma serpente no mesmo plenário e as forças de segurança e agentes especializados na caça de répteis tentaram capturar o animal, sem sucesso.

 

As autoridades não conseguiram determinar se a serpente que atacou neste sábado um deputado é a mesma que invadiu o Parlamento há três dias.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍNDIAPARLAMENTOSERPENTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.